O inimigo que a fé tem que enfrentar agora, e que pode chamar-se o ataque moderno, é um assalto em massa contra os fundamentos da Fé

Publicado no dia 10 Maio 2018

09.05.2018 -

n/d

San Miguel Arcángel – Adelante la Fe | Traduzido por Frei Zaqueu:

A fé está agora na presença, não de uma heresia particular como no passado —a ariana, a maniqueista, a albigense, a maometana—, nem tampouco está na presença de uma espécie de heresia generalizada, como quando teve que fazer frente à revolução protestante trezentos ou quatrocentos anos atrás. O inimigo que a fé tem que enfrentar agora, e que pode chamar-se “o ataque moderno”, é um assalto em massa contra os fundamentos da Fé, contra a existência mesma da Fé.

n/d

E o inimigo que agora avança contra nós está cada vez mais consciente do fato de que não pode existir questão de neutralidade. As forças atualmente opostas à fé se propõem destruir. A batalha se livra em adiante em uma linha definida de ruptura, e resultará na sobrevivência ou a destruição da Igreja católica. E de toda sua filosofia, não de uma parte dela.

n/d

Sabemos, por suposto, que a Igreja católica não pode ser destruída. Mas o que não sabemos é a extensão da zona na qual sobreviverá; seu poder de ressurgimento nem o poder do inimigo de afundá-la cada vez mais até suas últimas defesas, até que possa parecer que chegou o Anticristo e que está por produzir-se a decisão final. Tal é a importância da luta ante a qual se vê o mundo…

Fonte: Adelante la Fe – La fase moderna  via  www.rainhamaria.com.br