Bispos do Fim dos Tempos: Na Alemanha, o Bispo de Mainz, continuará a dar comunhão aos protestantes que desejam

Publicado no dia 12 Junho 2018

12.06.2018 -

Depois de descrever como "desconcertante" a doutrina do veto da intercomunhão, Peter Kohlgraf, Bispo de Mainz, declarou sua intenção de continuar a permitir, que em sua diocese, os luteranos cônjuges de católicos recebam a comunhão.

n/d

A rebelião "clandestina" dos bispos alemães em matéria de intercomunhão continua seu curso, como ainda é de se esperar após a punição da Santa Sé sobre o assunto. Agora é a vez de Peter Kohlgraf, Bispo de Mainz, com algumas declarações ultrajantes ao jornal alemão Allgemeine Zeitung.

Kohlgraf começa a confessar desapontado com o documento, chamando -lhes "desconcertante", tornado público pelo Cardeal Luis Ladaria, prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, vetando uma intercomunhão em cuja legalidade o próprio Papa, poucos dias antes, tinha remetido aos próprios bispos alemães.

Para Kohlgraf, o caminho da comunhão não é o lugar certo para "disputas teológicas" que, adverte o Bispo, são muito desagradáveis ​​para os fiéis.

Ele assegurou ao jornal que o Vaticano "tem muito a esclarecer" e afirma que, enquanto isso, ele vai continuar a permitir a comunhão dada aos (protestantes) luteranos que desejam receber a Comunhão, em desafio da carta Ladaria.

A questão da comunhão com os protestantes tem sido debatida desde que a Conferência Episcopal Alemã votou para permitir isso pela esmagadora maioria na assembléia.

Visto em: infovaticana.com