Padre Divino Antônio Lopes: Os Santos, amigos e heróis de Deus, passaram por esse mundo tenebroso e deixaram rastros de Luz que não se apagam

Publicado no dia 01 Novembro 2018

01.11.2018 - Nota de www.rainhamaria.com.br

Publicado no site em 25.10.2017

===================================

n/d

04 de outubro de 2015

Apresentação

Caro leitor, Deixar rastros, todos deixam, alguns de luz outros de trevas. Leia atentamente e medite os ricos pensamentos deste livrete escritos pelo Pe. Divino Antônio Lopes FP(C) e analise se seus rastros iluminam ou escurecem, se agradam a Deus ou ao diabo.

Filhos e Filhas da Paixão de Nosso Senhor

Jesus Cristo e das Dores de Maria Santíssima

01

Fomos criados por Deus para vivermos um determinado tempo aqui na terra. Que tipo de rastros deixaremos nesse mundo? Rastros de luz ou de trevas?

02

Deixaremos uma história nesse mundo! Lembrar-se-ão de nós com saudades ou arrepios?

03

Feliz da pessoa que deixar bons rastros nesse mundo... do contrário será “pisada” pelo demônio no inferno.

04

Devemos aproveitar cada minuto da nossa vida para fazermos rastros de luz, de santidade e que edificam.

05

Quanto mais caminharmos unidos a Deus, tanto mais profundos e marcantes serão os nossos rastros.

06

Os santos, amigos e heróis de Deus, passaram por esse mundo tenebroso e deixaram rastros de luz que não se apagam.

07

Somente os que vivem unidos a Jesus Cristo deixarão rastros permanentes nesse mundo.

08

Os seguidores do demônio deixarão rastros de escândalo e de sangue nesse mundo. Pobres infelizes!

09

Fomos criados por Deus para deixarmos rastros que edificam.

10

Os santos estão no céu mergulhados no Deus infinito; e seus rastros permanecem nesse mundo conquistando almas para a verdadeira felicidade.

11

Os rastros dos santos são profundos; nem as “ondas” furiosas das perseguições conseguem apagá-los.

12

Para ser lembrado nesse mundo após a morte é preciso deixar profundos rastros de luz... rastros “eternos”.

13

Ninguém, por mais furioso que seja, conseguirá apagar os rastros das boas obras.

14

Os rastros de paz e de amor deixados pelos santos valem mais do que todo o ouro do mundo.

15

Somente os rastros de luz podem atrair multidões para o céu.

16

Quem vive longe de Deus pode deixar somente rastros de tristeza, desespero e violência.

17

Os rastros dos pecadores são negros e apavorantes.

18

Quem ama verdadeiramente a Deus e o próximo, não se contenta em deixar pequenos rastros.

19

Para deixar rastros luminosos é preciso perseverar no caminho do bem até o fim.

20

Quem não deixar rastros edificantes nessa terra, com certeza deixará restos repugnantes e azedos.

21

Quem deixou rastros negros e tortos na juventude, é preciso endireitá-los antes da morte.

22

A vida é uma estrada sem retorno. Feliz da pessoa que a ilumina com rastros luminosos.

23

Os rastros deixados na estrada da vida dirão quem somos nós: luz ou trevas!

24

Quem ama verdadeiramente a Deus deixa rastros principalmente quando surgem obstáculos pelo caminho.

25

Nem o tempo consegue apagar os rastros das boas obras.

26

Quem carrega com amor uma cruz pesada deixará rastros marcantes e profundos.

27

Quem sofre com alegria e paciência nesse mundo deixará rastros edificantes que acordarão os frouxos e covardes.

28

O sorriso e o semblante sereno nas horas difíceis são rastros que convencem os desanimados.

29

Os santos deixaram rastros profundos aqui na terra, porque fizeram tudo para agradar a Deus e salvar as almas; enquanto que os pecadores deixaram dolorosas e incuráveis cicatrizes, porque colocaram muitas almas no caminho do inferno.

30

Os santos sempre deixaram rastros nesse mundo... mesmo os que morreram na infância.

31

Como é importante espalhar rastros por esse mundo: do sorriso... do bom conselho... da paciência... da obediência... da pureza... da caridade... da oração... Ninguém terá desculpas no dia do Julgamento!

32

Os rastros deixados por nós dirão se fomos do bem ou do mal.

33

Somente os amigos de Deus deixam rastros imitáveis.

34

Quem deixa rastros luminosos pode até tropeçar, mas jamais ficará prostrado no chão.

35

Para deixar rastros luminosos não significa que tenha de ser impecável e infalível; mas sim, desejoso e “perseguidor” da perfeição.

36

A melhor maneira de apagar os rastros de trevas é usar rastros de luz.

37

Eis a nossa grande missão nessa vida tão passageira: deixar rastros indeléveis.

38

O escandaloso deixa rastros marcantes e tristes na vida do escandalizado.

39

Quem deixa rastros luminosos nesse mundo, brilhará como estrelas no céu para sempre.

40

Quem espalha rastros de trevas joga a vida fora e se condenará ao inferno.

Padre  Divino Antônio Lopes FP.  “Deixar rastros”

Fonte: www.filhosdapaixao.org.br