Fim dos Tempos e a Sodomia na Igreja: Propaganda gay disfarçada de doutrina cristã continua com o apoio da hierarquia católica

Publicado no dia 02 Novembro 2018

02.11.2018 -

n/d

O Pe. James Martin (consultor do Vaticano) continua obstinado nas suas ações de propaganda homossexualista através dos média e das redes sociais, num esforço incansável para enviar o maior número possível de almas para o Inferno. Fá-lo de forma pública e aberta, à vista de todos. (e com apoio de Francisco)

n/d

n/d

A aprovação papal das suas taras homopastorais é evidente, indo muito para além de um mero “quem sou eu para julgar”. O ativista gay da Companhia de Jesus nunca foi repreendido por apoiar, em nome da Igreja, as "práticas sexuais" entre homens e entre mulheres. Pelo contrário, foi nomeado pelo Papa Francisco para o departamento de comunicações do Vaticano e convidado a proclamar a sua ideologia anti-cristã no Encontro Mundial das Famílias 2018, em Dublin.

Bem-vindo as familias (Gay-católicas) LGBT e seus parceiros

n/d

n/d

Tudo isto acontece à vista de todos: fiéis, padres, bispos e cardeais. Alguns veem, gostam e até elogiam, outros veem, fazem de conta que não veem e calam-se de forma tácita, indiferente ou covarde. O silêncio é, assim, o grande cúmplice desta nova e aberrante deriva homopastoral da Igreja Católica.

Visto em: odogmadafe.wordpress.com

============================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Por Dilson Kutscher

A nova "misericórdia", que estes "lobos em pele de cordeiro" criaram,  declara apenas que Deus os ama, não importa que caminho sigam, não importa que continuem pecando e permaneçam em seus pecados, pois, todos se salvam. Deus é Amor, esqueçam o Deus Justiça, Justo Juiz. Não havendo um Deus que condena, não existe mais condenação ou castigo, logo, não existe mais inferno, é uma anti-igreja pregando um anti-Evangelho.

A bênção da homossexualidade por parte da Igreja Católica é o objetivo final da "Máfia Gay", infiltrada na Igreja: Será a maioria dos eclesiásticos homossexuais?

Diz na Sagrada Escritura:

"Não te deitarás com um homem, como se fosse mulher: isso é uma abominação" (Levítico, 18, 22).

"O Senhor detesta todo o erro e toda a abominação; aqueles que o temem não amam essas coisas" (Eclesiástico 15, 13)

"Não digas: A misericórdia do Senhor é grande, ele terá piedade da multidão dos meus pecados, pois piedade e cólera são nele igualmente rápidas, e o seu furor visa aos pecadores" (Eclesiástico 5, 6-7).

"Acaso não sabeis que os injustos não hão de possuir o Reino de Deus? Não vos enganeis: nem os impuros, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os devassos" (I Coríntios 6, 9).