O Carnaval na Casa de Deus continua: "Consciência negra" e a profanação na Igreja

Publicado no dia 24 Novembro 2018

24.11.2018 -

Igreja Sagrado Coração de Jesus, no bairro da Glória, Rio de Janeiro.

Paróquia Bom Jesus, em Barretos (SP).

Na Paróquia de São Sebastião, em Barra Mansa (RJ) - (veja até o final para ver o "carnaval" que fazem diante do Altar Sagrado, alás era Sagrado)

Via: www.sinaisdoreino.com.br

============================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Por Dilson Kutscher

O que assistiram acima, reflete o "estado" que se encontra a Igreja nos dias atuais. Muitas paróquias deixaram o "espírito do mundo", as novidades mundanas e o "veneno da serpente", adentrar pela porta da frente da "Casa de Deus". O desrespeito com "tudo" que é Sagrado... com DEUS Pai, Fiho e Espírito Santo... é a "marca" registrada da maioria dos católicos do Fim dos Tempos. O coração de muitos religiosos e leigos católicos se afastou da "Verdade" e segue ao "erro", agradando aos homens e não mais a Deus.

Disse o Rei Jesus:

"Este povo somente me honra com os lábios; seu coração, porém, está longe de mim. Vão é o culto que me prestam, porque ensinam preceitos que só vêm dos homens" (São Mateus 15, 9).

"Vós procurais parecer justos aos olhos dos homens, mas Deus vos conhece os corações; pois o que é elevado aos olhos dos homens é abominável aos olhos de Deus" (São Lucas 16, 15).

Pois...

"Seus sacerdotes violam a minha lei, profanam o meu santuário, tratam indiferentemente o sagrado e o profano e não ensinam a distinguir o que é puro do que é impuro" (Ezequiel 22, 26).

"Está escrito: A minha casa é casa de oração!" (São Lucas 19, 46)

"O zelo da tua casa me consome" (Sl 68, 10). (São João 2, 17).

Todas essas profanações na Igreja acontecem, porque os Bispos igualmente permitem.

Disse São Gregório Magno: (obra -- A Regra Pastoral, ou simplesmente Pastoral -- tratando dos deveres de um Bispo)"Os bispos são os olhos do povo. Se os que governam o povo não têm luz, os que lhes estão submetidos só podem cair em confusão e erro".

Disse Santo Ambrósio de Optina, sobre o Fim dos Tempos e os hereges que irão querer dominar a Igreja: "Quando você ver nas Igrejas o descaso (indiferença com o sagrado) aos atos Divinos, aos ensinamentos dos Santos, e da ordem estabelecida por Deus, saiba que os hereges já estarão presentes. O Senhor disse que eles podem ser facilmente reconhecidos pelos seus frutos".