Senhor, é tempo de vós intervirdes, porque violaram as vossas Leis. Chegue até vós, Senhor, o meu clamor; instruí-me segundo a vossa Palavra.

Publicado no dia 03 Janeiro 2019

Chegue até vós a minha prece; livrai-me segundo a vossa Palavra (Salmos 118)

03.01.2019 - Atualização Extra

n/d

Nota de www.rainhamaria.com.br

Diz na Sagrada Escritura:

"De Davi. Para vós, Senhor, elevo a minha alma.

Meu Deus, em vós confio: não seja eu decepcionado! Não escarneçam de mim meus inimigos! Não, nenhum daqueles que esperam em vós será confundido, mas os pérfidos serão cobertos de vergonha.

Senhor, mostrai-me os vossos caminhos, e ensinai-me as vossas veredas. Dirigi-me na vossa verdade e ensinai-me, porque sois o Deus de minha salvação e em vós eu espero sempre. 

Lembrai-vos, Senhor, de vossas misericórdias e de vossas bondades, que são eternas. Não vos lembreis dos pecados de minha juventude e dos meus delitos; em nome de vossa misericórdia, lembrai-vos de mim, por causa de vossa bondade, Senhor.

O Senhor é bom e reto, por isso reconduz os extraviados ao caminho reto.  Dirige os humildes na justiça, e lhes ensina a sua via. Todos os caminhos do Senhor são graça e fidelidade, para aqueles que guardam sua aliança e seus preceitos. Por amor de vosso nome, Senhor, perdoai meu pecado, por maior que seja. Que advém ao homem que teme o Senhor? Deus lhe ensina o caminho que deve escolher. Viverá na felicidade, e sua posteridade possuirá a terra.

n/d

O Senhor se torna íntimo dos que o temem, e lhes manifesta a sua aliança. Meus olhos estão sempre fixos no Senhor, porque ele livrará do laço os meus pés. Olhai-me e tende piedade de mim, porque estou só e na miséria. Aliviai as angústias do meu coração, e livrai-me das aflições. Vede minha miséria e meu sofrimento, e perdoai-me todas as faltas.

"Vede meus inimigos, são muitos, e com ódio implacável me perseguem. Defendei minha alma e livrai-me; não seja confundido eu que em vós me acolhi. Protejam-me a inocência e a integridade, porque espero em vós, Senhor. Ó Deus, livrai Israel de todas as suas angústias" (Salmos, 24).

n/d

"Escolhi o caminho da verdade, impus-me os vossos decretos. Apego-me a vossas ordens, Senhor. Não permitais que eu seja confundido. Não me tireis jamais da boca a palavra da verdade, porque tenho confiança em vossos decretos. O único consolo em minha aflição é que vossa palavra me dá vida. De sarcasmos cumulam-me os soberbos, mas de vossa lei não me afasto. As malhas dos ímpios me cercaram, mas eu não esqueço a vossa lei.  Contra mim os soberbos maquinam caluniosamente, mas eu, de todo o coração, fico fiel aos vossos preceitos. Por quantos dias fareis esperar o vosso servo? Quando lhe fareis justiça de seus perseguidores? Sou vosso, salvai-me, porquanto busco vossos preceitos. Espreitam-me os pecadores para me perder, mas eu atendo às vossas ordens. Vossa palavra é um facho que ilumina meus passos, uma luz em meu caminho. Sou vosso servo: ensinai-me a sabedoria, para que conheça as vossas prescrições. Senhor, é tempo de vós intervirdes, porque violaram as vossas leis.  Chegue até vós, Senhor, o meu clamor; instruí-me segundo a vossa palavra. Chegue até vós a minha prece; livrai-me segundo a vossa palavra" (Salmos 118).

n/d

"Tenha Deus piedade de nós e nos abençoe, faça resplandecer sobre nós a luz da sua face, para que se conheçam na terra os seus caminhos e em todas as nações a sua salvação" (Salmos 66, 2-3).

Diz ainda na Sagrada Escritura:

"Portanto, nós nos desgarramos para longe da verdade: a luz da justiça não brilhou para nós e o sol não se levantou sobre nós! Nós nos manchamos nas sendas da iniqüidade e da perdição, erramos pelos desertos sem caminhos e não conhecemos o caminho do Senhor! O que ganhamos com nosso orgulho, e que nos trouxe a riqueza unida à arrogância? Tudo isso desapareceu como sombra, como notícia que passa; como navio que fende a água agitada, sem que se possa reencontrar o rasto de seu itinerário, nem a esteira de sua quilha nas ondas. Assim a esperança do ímpio é como a poeira levada pelo vento, e como uma leve espuma espalhada pela tempestade; ela se dissipa como o fumo ao vento, e passa como a lembrança do hóspede de um dia. Os raios partirão como flechas bem dirigidas, e, como de um arco bem distendido, voarão das nuvens para o alvo...

n/d

Uma balista fará cair uma pesada saraiva de ira; a água do mar se levantará em turbilhão contra eles e os rios os arrastarão impetuosamente. O sopro do Todo-poderoso se insurgirá contra eles e os dispersará como um furacão; a iniqüidade fará de toda a terra um deserto, e a malícia derrubará os tronos dos poderosos!" (Sabedoria 5, 6-10 e  21-23)