"E as estrelas do céu caíram na terra" (Ap 6, 13): Chuva de pedras no oeste de Cuba, seguido de uma forte explosão, assustou milhares de cubanos

Publicado no dia 02 Fevereiro 2019

02.02.2019 -

n/d

Os internautas publicaram nas redes sociais os vídeos e fotos da "chuva de pedras" no oeste de Cuba que assustou milhares de cubanos. Posteriormente, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente de Cuba confirmou a informação que era um meteorito.

O diário Granma citou um comunicado da entidade, segundo o qual na noite desta sexta-feira (1) "ocorreu um evento astronômico que foi observado em quase todos os municípios da província de Pinar del Río e nas sete estações meteorológicas do território". Parecia uma "bola de fogo" atravessando o céu, seguido de um rastro de condensação e uma forte explosão".

Um vídeo publicado pela testemunha Flavia Sahira mostra um rastro insólito no céu em forma de uma curta faixa sobre um fundo de nuvens. A garota procura explicar o acontecido, supondo que seria a queda de um avião ou uma erupção solar.

Além disso, muitos internautas postam fotos de destroços de pedras de 20-30 centímetros, afirmando que são partes de um meteorito.

Via: br.sputniknews.com/americas

=============================================

REPORTAGEM DO FATO: METEORO CAI EM CUBA COM FORTE ESTRONDO

=========================================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Diz na Sagrada Escritura:

"...e as estrelas do céu caíram na terra, como frutos verdes que caem da figueira agitada por forte ventania". (Apocalipse 6, 13)

n/d

"Também do mesmo modo como aconteceu nos dias de Lot. Os homens festejavam, compravam e vendiam, plantavam e edificavam. No dia em que Lot saiu de Sodoma, choveu fogo e enxofre do céu, que exterminou todos eles. Assim será no dia em que se manifestar o Filho do Homem". (São Lucas 17, 28-30)

"O terceiro anjo tocou a trombeta. Caiu então do céu um astro enorme, ardendo como um facho. Precipitou-se sobre a terça parte dos rios e nas fontes de água. O nome do astro é Absinto.

n/d

E se converteu em absinto a terça parte das águas. Muitos homens morreram das águas que se tornaram amargas. O quarto anjo tocou a trombeta. Foi ferida então a terça parte do sol, da lua e das estrelas, de sorte que escureceram em um terço. O dia e a noite perderam uma terça parte de seu brilho. O quinto anjo tocou a trombeta. Vi uma estrela que caíra do céu sobre a terra. Foi-lhe dada a chave do poço do abismo. Abriu o poço e do poço subiu uma fumaça como a fumaça de um grande forno. O sol e o ar escureceram por causa da fumaça do poço." (Livro do Apocalipse – São João)

"Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra a aflição e a angústia apoderar-se-ão das nações pelo bramido do mar e das ondas". (São Lucas 21, 25)