Ela ajudou 70 mendigos a não morrerem de frio em Chicago EUA

Publicado no dia 06 Fevereiro 2019

06.02.2019 -

A onda de frio polar fez os termômetros baixarem para -31 graus e ameaçou a vida dos desabrigados.

n/d

Em tempos de dificuldades, muitas vezes conseguimos ver o que há de melhor nas pessoas. Este foi o caso do episódio de frio extremo em Chicago, na semana passada, onde os termômetros marcaram -31 graus e 21 pessoas morreram.

Enquanto a maioria de nós se preocupou em ficar agasalhado dentro de casa, outros não tinham a segurança de um ambiente caloroso e acolhedor.

n/d

Felizmente, Candice Payne (foto abaixo), uma corretora de imóveis de Chicago, garantiu que alguns moradores de rua de sua cidade natal fossem atendidos. Através de sua determinação, compaixão, apoio do marido, a jovem de 34 anos certificou-se de que 70 pessoas desabrigadas recebessem abrigo e alimento durante a onda de frio.

n/d

Mas não foi fácil. Como Payne compartilhou com o Today, ela enfrentou muita rejeição de hotéis ao buscar ajuda para esses homens e mulheres marginalizados. Felizmente, um hotel chamado Amber Inn permitiu “que eu reservasse os quartos”, explicou Payne.

Payne fez um pedido nas redes sociais para ajudar a transportar os desabrigados para o hotel. “Estou reservando 20 quartos de hotel para os sem-teto. Se alguém tiver uma van e puder me ajudar, eu pagarei pelo serviço”, explicou ela em uma entrevista na NPR.

Felizmente, muitas outras almas generosas puseram as mãos nos bolsos e vieram ajudar e oferecer mais doações para que Payne fosse capaz de reservar um total de 60 quartos para 5 noites, incluindo uma refeição quente, para que os sem-teto ficassem protegidos e alimentados.

Outra dificuldade que ela encontrou foi convencer alguns desses homens e mulheres desabrigados a abandonar seus lugares.

Eles estavam preocupados em deixar para trás suas poucas coisas, mas Payne assegurou-lhes que ela pessoalmente restituiria qualquer coisa perdida ou roubada. Apesar dos obstáculos que enfrentou – algumas pessoas tinham deficiências e uma estava grávida – Payne ajudou-as a encontrar abrigo e segurança.

As ações heróicas de Payne tiveram um profundo efeito sobre ela. “Eles definitivamente mudaram [a minha vida] porque você não conhece realmente a situação até que está ao lado deles”, ela compartilhou com a estação de rádio. Ela agora está trabalhando para encontrar soluções mais permanentes para ajudar homens e mulheres que se encontram em situação de rua.

Visto em: pt.aleteia.org

============================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Disse São João Crisóstomo: "Que proveito resulta de a mesa de Cristo estar coberta de taças de ouro, se Ele morre de fome na pessoa dos pobres? Sacia primeiro o faminto, e depois adornarás o Seu altar com o que sobrar. Fazes um cálice de ouro e não dás um copo de água fresca. Honras a Deus no templo com vestes de seda, enquanto O abandonas lá fora ao frio e à nudez?"

Diz na Sagrada Escritura:

"Sabeis qual é o jejum que eu aprecio? - diz o Senhor Deus:  É repartir seu alimento com o faminto, abrigar o pobre desamparado, vestir o nu que você encontrou, em vez de desviar-se de seu semelhante.

n/d

Então tua luz surgirá como a aurora, e tuas feridas não tardarão a cicatrizar-se; tua justiça caminhará diante de ti, e a glória do Senhor seguirá na tua retaguarda...se deres do teu pão ao faminto, se alimentares os pobres, tua luz levantar-se-á na escuridão, e tua noite resplandecerá como o dia pleno. O Senhor te guiará constantemente, alimentar-te-á no árido deserto, renovará teu vigor. Serás como um jardim bem irrigado, como uma fonte de águas inesgotáveis". (Isaías 58, 6-11)

"Defendei o oprimido e o órfão, fazei justiça ao humilde e ao pobre". (Salmos 81, 3)

n/d

"Respondeu Jesus: Amarás o Senhor teu Deus de todo teu coração, de toda tua alma e de todo teu espírito (Dt 6,5). Este é o maior e o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás teu próximo como a ti mesmo (Lv 19,18). Nesses dois mandamentos se resumem toda a lei e os profetas". (São Mateus 22, 37-40)

"Mesmo que eu tivesse o dom da profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência; mesmo que tivesse toda a fé, a ponto de transportar montanhas, se não tiver caridade, não sou nada. Por ora subsistem a fé, a esperança e a caridade - as três. Porém, a maior delas é a caridade" (I Corintios 13, 2).

"Então o Rei dirá aos que estão à direita: - Vinde, benditos de meu Pai, tomai posse do Reino que vos está preparado desde a criação do mundo, porque tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; era peregrino e me acolhestes; nu e me vestistes; enfermo e me visitastes; estava na prisão e viestes a mim.
Perguntar-lhe-ão os justos: - Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer, com sede e te demos de beber?
Quando foi que te vimos peregrino e te acolhemos, nu e te vestimos?
Quando foi que te vimos enfermo ou na prisão e te fomos visitar?
Responderá o Rei: - Em verdade eu vos declaro: todas as vezes que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, foi a mim mesmo que o fizestes". (São Mateus 25, 34 -40)