Inimigo invisível: Mulher morre após banho de mar na Alemanha, devido a bactéria fatal presente no mar Báltico

Publicado no dia 10 Agosto 2019

09.08.2019 -

n/d

Com altas temperaturas, o verão europeu levou muita gente para as praias. O que elas não sabem é que o calor pode se tornar um risco à vida.

Uma bactéria fatal presente no mar Báltico matou uma banhista na Alemanha neste verão. Durante este período, as altas temperaturas criam perfeitas condições para a rápida multiplicação deste micróbio.

n/d

Enquanto muitos europeus apreciam o tempo quente no verão, a banhista idosa morreu devido à presença de uma bactéria em seu corpo. O caso ocorreu em Mecklenburg-Vorpommern, Alemanha, informou o Bild.

A mulher contraiu a bactéria Vibrio vulnificus, a qual pode causar cólera ou até levar à morte. A informação foi transmitida pela Secretaria de Saúde e Assistência Social local.

Tal agente patogénico possui diversos tipos, sendo um deles a bactéria carnívora. Ela pode se alojar no corpo humano através de feridas expostas, podendo causar infecção e sepsia. A baixa imunidade do corpo e problemas crônicos no fígado tornam o indivíduo ainda menos resistente à bactéria.

"A bactéria Vibrio vulnificus se multiplica especialmente em água concentração salina de 0.5% e com temperatura acima de 20°C", disse à Bild Martina Littmann, chefe da secretaria de Saúde de Mecklenburg-Vorpommern.

Visto em: br.sputniknews.com

===========================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Diz na Sagrada Escritura:

"Levantar-se-á nação contra nação, reino contra reino, e haverá fome, peste e grandes desgraças em diversos lugares". (São Mateus 24, 7)

"E vi aparecer um cavalo esverdeado. Seu cavaleiro tinha por nome Morte; e a região dos mortos o seguia. Foi-lhe dado poder sobre a quarta parte da terra, para matar pela espada, pela fome, pela peste e pelas feras". (Apocalipse 6, 8)

"Ouvi outra voz do céu que dizia: Meu povo, sai de seu meio para que não participes de seus pecados e não tenhas parte nas suas pragas,porque seus pecados se acumularam até o céu, e Deus se lembrou das suas injustiças. Por isso, num só dia virão sobre ela as pragas: morte, pranto, fome. Ela será consumida pelo fogo, porque forte é o Senhor Deus que a condenou". (Apocalipse 18, 4, 5 e 8)