Tremor de 3.2 na escala Richter, assusta moradores de Congonhas, na Região Central de Minas

Publicado no dia 26 Novembro 2019

26.11.2019 -

n/d

Tremor de 3,2 graus na escala Richter assustou moradores da cidade de Congonhas, na Região Central de Minas Gerais, na noite desta segunda-feira (25). O epicentro foi em Belo Vale, na mesma região. A cidade de Congonhas já vive apreensiva e alerta por conta da Barragem Casa de Pedra, da mineradora CSN, uma das maiores de mineração localizada em área urbana. Apesar do susto, a CSN disse que o abalo sísmico "não causou nenhuma anomalia na estrutura da barragem”.

Segundo o Corpo de Bombeiros, houve várias ligações para a corporação, mas nenhum acionamento para resgate de vítimas. O tremor foi sentido em vários pontos da cidade, por volta das 20h30.

O chefe do Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (Unb), Marcelo Rocha, confirmou o tremor ao jornal Estado de Minas, mas descartou problemas mais graves em decorrência do abalo. “Um tremor dessa magnitude (3,2 graus) causa mais susto mesmo. As consequências em determinado ponto dependem muito da distância entre o epicentro do tremor e o lugar observado.

Marcelo Rocha ainda explica que o tremor registrado em Congonhas deve ser sucedido por outros, as chamadas “réplicas”, cujos graus de intensidade são inferiores ao primeiro abado. “A recomendação é que os moradores fiquem tranquilos e não tenham nenhuma atitude de pânico. A liberação de maior energia já aconteceu no primeiro tremor. Pode ser que venha ocorrer alguma réplica, mas, em geral, tem uma menor liberação de energia”, explicou o especialista.

Via: jmonline.com.br

===========================

Nota de www.rainhamaria.com.br

Profecia de Nossa Senhora de La Salette, aparição na França em 1846: "As estações serão mudadas, a terra não produzirá senão maus frutos, os astros perderão os seus movimentos regulares, a lua não refletirá senão uma luz avermelhada; a água e o fogo causarão ao globo terrestre movimentos convulsivos e horríveis terremotos, que farão tragar montanhas, cidades. Chegou o tempo. O sol se escurece; somente a fé viverá".

Diz na Sagrada Escritura:

"Porque as comportas do alto se abrem e os fundamentos da terra tremem. A terra se quebra, a terra é abalada violentamente, a terra é fortemente sacudida. A terra cambaleia como um bêbado, é agitada como uma cabana. Sua rebelião pesa sobre ela, ela cairá e já não se levantará". (Isaías 24, 18-20)

"Povos, escutai bem! Nações, prestai-me atenção! Pois é de mim que emanará a doutrina e a verdadeira religião que será a luz dos povos. De repente minha justiça chegará, minha salvação vai aparecer, (meu braço fará justiça aos povos) as ilhas em mim terão esperança e contarão com meu braço. Levantai os olhos para o céu, volvei vosso olhar à terra: os céus vão desvanecer-se como fumaça, como um vestido em farrapos ficará a terra, e seus habitantes morrerão como moscas. Mas minha salvação subsistirá sempre, e minha vitória não terá fim. Eu sou o Senhor teu Deus, que revolvo o mar e faço rugir as ondas; eu me chamo o Senhor dos exércitos". (Isaias 51)

"Pois como o relâmpago, reluzindo numa extremidade do céu, brilha até a outra, assim será com o Filho do Homem no seu dia. É necessário, porém, que primeiro ele sofra muito e seja rejeitado por esta geração. Como ocorreu nos dias de Noé, acontecerá do mesmo modo nos dias do Filho do Homem. Comiam e bebiam, casavam-se e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. Veio o dilúvio e matou a todos. Também do mesmo modo como aconteceu nos dias de Lot. Os homens festejavam, compravam e vendiam, plantavam e edificavam. No dia em que Lot saiu de Sodoma, choveu fogo e enxofre do céu, que exterminou todos eles. Assim será no dia em que se manifestar o Filho do Homem". (Lucas 17, 24-30)