Francisco, o homem que não se ajoelha diante de Deus

Publicado no dia 29 Novembro 2019

29.11.2019 -

Por Helga Maria Saboia Bezerra

Neste vídeo, trago uma crítica do escritor italiano, Católico, Antonio Socci, à resistência de Francisco a ajoelhar-se diante de Nosso Senhor Jesus Cristo, quando não tem qualquer problema em fazê-lo para beijar os pés de senhores da guerra que ele hospeda no Vaticano ou de muçulmanos e hindus durante a Semana Santa.

Nota de www.rainhamaria.com.br

Lembrando que:

Qual a surpresa se muitos eclesiásticos, teólogos e fiéis católicos, acusam este Papa de heresia? O próprio Francisco admite ser insensato e herege (Como é que é!?)

No dia 23 de maio de 2015, a diocese americana de Phoenix, organizou um dia de oração com pastores evangélicos/protestantes. O Pastor Giovanni Traettino estava presente, um grande amigo do Papa Francisco e seu anfitrião na rápida viagem a Caserta, que Francisco  fez há algum tempo. Francisco se juntou a eles através de uma mensagem em vídeo.

Francisco surpreendeu os fiéis, ao declarar que vai dizer algo que "possa ser heresia". Um "Papa" deve sempre zelar pela ortodoxia católica e defender a Verdade. Mas o que pensar quando o "Vigário de Cristo" anuncia que vai dizer algo que pode ser uma "loucura, ou talvez heresia?"

Diz ainda na Sagrada Escritura:

"Ele usará de todas as seduções do mal com aqueles que se perdem, por não terem cultivado o amor à verdade que os teria podido salvar. Desse modo, serão julgados e condenados todos os que não deram crédito à verdade, mas consentiram no mal" (II Tessalonicenses 2, 10 e 12).