Cântico de Daniel. (Dn 3, 57-88.56)

Publicado no dia 15 Novembro 2013

 

Louvor das criaturas ao Senhor

 Obras do Senhor, bendizei o Senhor,

 louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!

 Céus do Senhor, bendizei o Senhor!

 Anjos do Senhor, bendizei o Senhor!

 R. Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!

Águas do alto céu, bendizei o Senhor!

Potências do Senhor, bendizei o Senhor!

Lua e sol, bendizei o Senhor!

Astros e estrelas, bendizei o Senhor!

Chuvas e orvalhos, bendizei o Senhor!

Brisa e ventos. O Senhor!

Fogo e calor, bendizei o Senhor!

Frio e ardor, bendizei o Senhor!

Orvalhos e garoas, bendizei o Senhor!

Geada e frio, bendizei o Senhor!

Gelos e neves, bendizei o Senhor!

Noites e dias, bendizei o Senhor!


Luzes e trevas, bendizei o Senhor!

Raios e nuvens, bendizei o Senhor!

Ilhas e terra, bendizei o Senhor!

Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!

Montes e colinas, bendizei o Senhor!

Plantas da terra, bendizei o Senhor!

Mares e rios, bendizei o Senhor!

Fontes e nascentes, bendizei o Senhor!

Baleias e peixes, bendizei o Senhor!

Pássaros do céu, bendizei o Senhor!

Feras e rebanhos, bendizei o Senhor!

Filhos dos homens, bendizei o Senhor!

Filhos de Israel, bendizei o Senhor!

Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!

Sacerdotes do Senhor, bendizei o Senhor!

Servos do Senhor, bendizei o Senhor!

Almas dos justos, bendizei o Senhor!

Santos e humildes, bendizei o Senhor!

Jovens Misael, Ananias e Azarias,

Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!

Ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo

Louvemos e exaltemos pelos séculos sem fim!

Bendito sois, Senhor, no firmamento dos céus!

Sois digno de louvor e de glória eternamente!

(No fim desse cântico não se diz o Glória ao Pai)